sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Reflexão: O pó de café.

A cenoura, o ovo e o café
Uma filha se queixou a seu pai sobre sua vida e de como as coisas estavam difíceis para ela.
Ela já não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar e combater. Parecia que assim que um problema estava resolvido um outro surgia.
Seu pai, um "chef" de cozinha, levou-a até o seu local de trabalho. Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Logo as panelas começaram a ferver. Numa ele colocou cenouras, noutra colocou ovos e, na última, pó de café. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra.
A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ele estaria fazendo. Cerca de vinte minutos depois, ele apagou as bocas de gás. Pegou as cenouras e colocou-as numa tigela. Retirou os ovos e colocou-os em outra tigela. Então pegou o café com uma concha e colocou-o numa xícara. Virando-se para ela, perguntou:
- Querida, o que você está vendo?
- Cenouras, ovos e café - ela respondeu.
Ele a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse. Ela obedeceu e depois de retirar a casca verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole do café. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso. Ela perguntou humildemente:
- O que isto significa, pai?
Ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade, água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente.
 A cenoura entrara forte, firme e inflexível. Mas, depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil.
Os ovos eram frágeis. Sua casca fina havia protegido o líquido interior. Mas, depois de terem sido colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais endurecido.
O pó de café, contudo, era incomparável. Depois que fora colocado na água fervente, ele havia mudado a água.
- Qual deles é você? - ele perguntou à sua filha.
Quando a adversidade bate à sua porta, como você responde?
Você é uma cenoura, um ovo ou o pó de café?

Você é como a cenoura que parece forte, mas com a dor e a adversidade você murcha e se torna frágil e perde sua força?


Será que você é como um ovo, que começa com um coração maleável, com um espírito fluido, mas depois de alguma morte, uma separação, uma doença ou uma demissão, voce se torna mais difícil, duro e inflexivel?

Sua casca parece a mesma, mas você está mais amargo e obstinado, com o coração e o espírito inflexiveis? 

Ou será que vc é como o pó de café?
 O Café muda a água fervente,

o elemento que lhe causa a dor,
quando a água chega ao ponto máximo de sua fervura,
ele consegue o máximo de seu sabor e aroma.

Que Deus o faça como o pó de café,

que quando as coisas ficarem ruins,
você possa reagir de forma positiva
tornando melhor sem se deixar vencer pelas circunstancias,

e fazendo com que as coisas em torno de você também se tornem melhores!


Que diante da adversidade da vida exista sempre uma luz que ilumine o teu caminho e a de todas as pessoas que te rodeiam para que possas sempre espalhar e irradiar com tua força, otimismo e alegria
 o “Doce aroma do café”
Para que nunca perca esse cheiro agradável e inigualável que só você sabe transmitir as outras pessoas
E transformar a adversidade em algo melhor e
amparado sempre por Deus.
 

Somos nós os responsáveis pelas próprias decisões. Cabe a nós, somente a nós, decidir se a crise irá ou não afetar nosso rendimento profissional, nossos relacionamentos pessoais, nossa vida.
 Ao ouvir outras pessoas reclamando da situação, ofereça uma palavra positiva.Mas você precisa acreditar nisso. Confiar que você tem capacidade suficiente para superar este desafio.

Uma vida não tem importância se não for capaz de imputar positivamente a outras vidas. O que você é: cenoura, ovo ou café?

Sabe responder agora?

Vamos procurar ser CAFÉ, usando as adversidades para modificar o sabor da vida,com um aroma sempre especial !!!


Tenham um excelente fim de semana, curtam bastante, descansem também e procurem ser como o pó de café!
Beijos no coração de todos que por aqui passarem...
Tchau...tchau...



-Não importa o que você é...


Não importa o que você é

Não importa o que você é
O importante é o que você quer ser...
Não importa onde você está
O importante é para onde você quer ir...
Não importa o porquê
O importante é o querer ...
Não importa suas mágoas
O importante mesmo, são suas alegrias...
Não importa o que você já passou
O passado guarde na sua lembrança ...
Não veja; apenas olhe...
Não escute; apenas ouça...
Não toque; sinta...
O mundo é um espelho;
não seja apenas um reflexo
Só acreditando no futuro você conseguirá a paz
para alcançar seu sonhos...
Afinal, o que importa ?
Você importa ...

Autor Desconhecido

Tenham todos uma sexta-feira maravilhosa!
E um lindo fim de semana...
bjos..

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Conto de Paulo Coelho


Um Belo Conto de Paulo Coelho

Um homem, o seu cavalo e o seu cão iam por um caminho. Quando passavam perto de uma árvore enorme, caiu um raio e os três morreram fulminados.
Mas o homem não se deu conta de que já tinha abandonado este mundo, e prosseguiu o seu caminho com os seus dois animais (às vezes os mortos andam um certo tempo antes de tomarem consciência da sua nova condição…)
O caminho era muito comprido e, colina acima, o Sol estava muito intenso; eles estavam suados e sedentos.
Numa curva do caminho viram um magnífico portal de mármore, que conduzia a uma praça pavimentada com portais de ouro. O caminhante dirigiu-se ao homem que guardava a entrada e travou com ele, o seguinte diálogo:
- Bons dias.
- Bons dias – Respondeu o guardião.
- Como se chama este lugar tão bonito?
- Aqui é o céu.
- Que bom termos chegado ao Céu, porque estamos sedentos!
- Você pode entrar e beber quanta água queira. E o guardião apontou a fonte.
- Mas o meu cavalo e o meu cão também têm sede...
- Sinto muito – disse o guardião – mas aqui não é permitida a entrada de animais.
O homem levantou-se com grande desgosto, visto que tinha muitíssima sede, mas não pensava em beber sozinho.
Agradeceu ao guardião e seguiu adiante.

Depois de caminhar um bom pedaço de tempo encosta acima, já exaustos os três, chegaram a um outro sítio, cuja entrada estava assinalada por uma porta velha que dava para um caminho de terra ladeado por árvores...
À sombra de uma das árvores estava deitado um homem, com a cabeça tapada por um chapéu. Dormia, provavelmente.
- Bons dias – disse o caminhante.
O homem respondeu com um aceno.
- Temos muita sede, o meu cavalo, o meu cão e eu.
- Há uma fonte no meio daquelas rochas – disse o homem apontando o lugar.
- Podeis beber toda a água que quiserdes.
O homem, o cavalo e o cão foram até à fonte e mataram a sua sede.
O caminhante voltou atrás, para agradecer ao homem.
- Podeis voltar sempre que quiserdes – respondeu este.
- A propósito, como se chama este lugar? – perguntou o caminhante.
- CÉU.
- O Céu? Mas, o guardião do portão de mármore disse-me que ali é que era o Céu!
- Ali não é o Céu, é o inferno – contradisse o guardião.
O caminhante ficou perplexo.
- Deverias proibir que utilizem o vosso nome! Essa informação falsa deve provocar grandes confusões! – advertiu o caminhante.
- De modo nenhum! – respondeu o guardião – na realidade, fazem-nos um grande favor, porque ficam ali todos os que são capazes de abandonar os seus melhores amigos…

Jamais abandones os teus verdadeiros Amigos, ainda que isso te traga inconvenientes pessoais.
Se eles se vêem a dar o seu amor e companhia, ficas em dívida para com eles:
“Nunca os abandones”.

Caríssimos internautas, fazer um amigo é uma Graça de Deus, ter um amigo é algo muito especial e saber conservar um amigo...então...hum...é uma grande virtude!
Fiquem em paz!
Fiquem na luz!
Amigos do coração...

Reflexão: O Vestido Azul


O VESTIDO AZUL

Num bairro pobre de uma cidade distante, morava uma garotinha muito bonita. Ela freqüentava a escola local. Sua mãe não tinha muito cuidado e a criança quase sempre se apresentava suja. Suas roupas eram muito velhas e maltratadas.
O professor ficou penalizado com a situação da menina. “como é que uma menina tão bonita, pode vir para a escola tão mal arrumada?”
Separou algum dinheiro do seu salário e, embora com dificuldade, resolveu lhe comprar um vestido novo. Ela ficou linda no vestido azul.
Quando a mãe viu a filha naquele lindo vestido azul, sentiu que era lamentável que sua filha, vestindo aquele traje novo, fosse tão suja para a escola. Por isso, passou a lhe dar banho todos os dias, pentear seus cabelos, cortar suas unhas.
Quando acabou a semana, o pai falou: “mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more em um lugar como este, caindo aos pedaços?
Que tal você ajeitar a casa? Nas horas vagas, eu vou dar uma pintura nas paredes, consertar a cerca e plantar um jardim.”
Logo mais, a casa se destacava na pequena vila pela beleza das flores que enchiam o jardim, e o cuidado em todos os detalhes.
Os vizinhos ficaram envergonhados por morar em barracos feios e resolveram também arrumar as suas casas, plantar flores, usar pintura e criatividade.
Em pouco tempo, o bairro todo estava transformado. Um religioso, que acompanhava os esforços e as lutas daquela gente, pensou que eles bem mereciam um auxílio das autoridades.
Foi ao prefeito expor suas idéias e saiu de lá com autorização para formar uma comissão para estudar os melhoramentos que seriam necessários ao bairro.
A rua de barro e lama foi substituída por asfalto e calçadas de pedra. Os esgotos a céu aberto foram canalizados e o bairro ganhou ares de cidadania.
E tudo começou com um vestido azul. Não era intenção daquele professor consertar toda a rua, nem criar um organismo que socorresse o bairro.
Ele fez o que podia, deu a sua parte. Fez o primeiro movimento que acabou fazendo que outras pessoas se motivassem a lutar por melhorias.
Será que cada um de nós está fazendo a sua parte no lugar em que vive?
Por acaso somos daqueles que somente apontamos os buracos da rua, as crianças à solta sem escola e a violência do trânsito?
Se somos, sigamos o exemplo do professor e lembremos que é difícil mudar o estado total das coisas. Que é difícil limpar toda a rua, mas é fácil varrer a nossa calçada.
É difícil reconstruir um bairro mas é possível dar um vestido azul.
Podemos fazer mais em favor da humanidade se nos dispusermos a isto.
Estendamos a mão para alguém caído. Digamos uma palavra gentil para alguém.
Presenteemos um amigo com uma flor. Façamos sorrir alguém triste. Abracemos com ternura um desafortunado.
Há moedas de amor que valem mais do que os tesouros bancários, quando endereçadas no momento próprio e com bondade.
Ninguém dispensa um amigo, nem um gesto de socorro.
Disputemos a honra de ser construtores do mundo melhor e de uma sociedade mais feliz.

Caros amigos internautas, é difícil reconstruir um planeta mas é possível dar um vestido azul.
Há moedas de amor que valem mais do que os tesouros bancários quando endereçados no momento próprio e com bondade.
Pense Nisso!











terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Reflexão: A cidade dos resmungos


A cidade dos resmungos
Era uma vez um lugar chamado Cidade dos Resmungos, onde todos resmungavam, resmungavam, resmungavam.
No verão, resmungavam que estava muito quente.
No inverno, que estava muito frio.
Quando chovia, as crianças choramingavam porque não podiam sair.
Quando fazia sol, reclamavam que não tinham o que fazer.
Os vizinhos queixavam-se uns dos outros, os pais queixavam-se dos filhos, os irmãos das irmãs.
Todos tinham um problema, e todos reclamavam que alguém deveria fazer alguma coisa.
Um dia chegou à cidade um mascate carregando um enorme cesto às costas.
Ao perceber toda aquela inquietação e choradeira, pôs o cesto no chão e gritou :
- Ó cidadãos deste belo lugar ! Os campos estão abarrotados de trigo, os pomares carregados de frutas.
As cordilheiras estão cobertas de florestas espessas, e os vales banhados por rios profundos.
Jamais vi um lugar abençoado por tantas conveniências e tamanha abundância.
Por que tanta insatisfação ? Aproximem-se, e eu lhes mostrarei o caminho para a felicidade.
Ora, a camisa do mascate estava rasgada e puída.
Havia remendos nas calças e buracos nos sapatos.
As pessoas riram que alguém como ele pudesse mostrar-lhes como ser feliz.
Mas enquanto riam, ele puxou uma corda comprida do cesto e a esticou entre os dois postes na praça da cidade.
Então segurando o cesto diante de si, gritou :
- Povo desta cidade ! Aqueles que estiverem insatisfeitos escrevam seus problemas num pedaço de papel e ponham dentro deste cesto.
Trocarei seus problemas por felicidade !
A multidão se aglomerou ao seu redor.
Ninguém hesitou diante da chance de se livrar dos problemas.
Todo homem, mulher e criança da vila rabiscou sua queixa num pedaço de papel e jogou no cesto.
Eles observaram o mascate pegar cada problema e pendurá-lo na corda.
Quando ele terminou, havia problemas tremulando em cada polegada da corda, de um extremo a outro.
Então ele disse :
Agora cada um de vocês deve retirar desta linha mágica o menor problema que puder encontrar.
Todos correram para examinar os problemas.
Procuraram, manusearam os pedaços de papel e ponderaram, cada qual tentando escolher o menor problema.
Depois de algum tempo a corda estava vazia.
Eis que cada um segurava o mesmíssimo problema que havia colocado no cesto.
Cada pessoa havia escolhido o seu próprio problema, julgando ser ele o menor da corda.
Daí por diante, o povo daquela cidade deixou de resmungar o tempo todo.
E sempre que alguém sentia o desejo de resmungar ou reclamar, pensava no mascate e na sua corda mágica.

Caríssimos amigos, há pessoas que reclamam o tempo todo...tem gente que faz de seu dia um depósito de reclamações,
 quando vcs encontrarem uma dessas pessoas, mostrem pra elas que existem problemas muito maiores do que o delas...
ajude essas pessoas a enxergarem isso, quando elas começarem a ver que talvez um próprio conhecido tenha um problemão e nem por isso deixou de sorrir e nem por isso fica o tempo todo reclamando....
 talvez assim  comece a perceber as bençãos que Deus lhe deu, ...pense nisso!

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

ORAÇÃO DO AMANHECER

Senhor,
No silêncio deste dia que amanhece,
venho pedir-Te a paz, a sabedoria, a força.
 Quero olhar hoje o mundo com olhos cheios de amor; ser paciente, compreensivo, manso e prudente,
 ver além das aparências de Teus filhos como Tu mesmo os vê, e assim não ver senão o bem em cada um.
 Fecha meus ouvidos a toda calúnia.
Guarda minha língua de toda maldade.
 Que só de bênçãos se encha meu espírito.
 Que eu seja tão bondoso e alegre, que todos quantos se achegarem a mim sintam Tua presença.
Reveste-me de Tua beleza, Senhor, e que no decurso deste dia, eu Te revele a todos.
Amém.

-Dia 24 de janeiro

-Dia Nacional do Aposentado. Aquele que deveria ser honrado, pelos 'cabelos brancos' e pela dedicação de toda uma vida, mas que continua a ser um dos atores mais desrespeitado da economia deste país!

-Nascimento de João Pessoa (João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque), político brasileiro homenageado pela capital do Estado da Paraíba, que lhe empresta o nome, em Umbuzeiro-PB, no ano de 1878.

-Dia de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas. Muitos comemoram o Dia do Jornalista, nesta data, para incentivar a humanização da figura destes profissionais. Parabéns a todos os jornalistas por este dia!

-Dia 23 de janeiro

-Nascimento de Mequinho (Henrique Costa Mecking), primeiro 'Grande Mestre Internacional do Xadrez', brasileiro, em Santa Cruz do Sul-RS, no ano de 1952.

-Dia 22 de janeiro

-Nascimento de Marilia Pera (Marília Marzulio Pêra), atriz brasileira, no Rio de Janeiro-RJ, em 1943. A maravilhosa e gradiosa Marília...à ela minha homenagem no meu humilde blog...ela é realmente espetacular!









-Dia 21 de janeiro

-Dia Mundial da RELIGIÃO. Que a liberdade de culto seja um direito respeitado, em todo o mundo e que, qualquer que seja, esteja focado em religar a criatura ao Criador, sob a Lei Máxima do AMOR !!!

-Descoberta do Primeiro Poço de Petróleo no Brasil (PETROBRÁS), no estado da Bahia, em 1939.

-Nascimento de Christian Dior, designer da moda internacional, em Angers, Loire-França, no ano de 1905.

-Morte de Aluízio de Azevedo (Aluízio Tancredo Gonçalves de Azevedo), caricaturista, jornalista, romancista, diplomata e membro da Academia Brasileira de Letras, em Buenos Aires-Argentina, no ano de 1913.

-Nascimento de Plácido Domingo, grande tenor mundial, em Madrid-Espanha, no ano de 1941.

-Nascimento de Lindomar Castilho (Lindomar Cabral), cantor e compositor da MPB, em Rio Verde-GO, no ano de 1940.

-Nascimento de Emma Bunton (Emma Lee Bunton - Baby Spice), estrela da música mundial, em Finchley, Londres-Inglaterra, no ano de 1976.

domingo, 23 de janeiro de 2011

sábado, 22 de janeiro de 2011

Tradução de SAILING ( Rod Stewart).

Navegando

Eu estou navegando, estou navegado
De volta para casa, através do mar.
Estou navegando sobre águas tempestuosas,
Para estar perto de você, para ser livre.

Eu estou voando, estou voando
Como um pássaro, através do céu.
Estou voando, passando por nuvens altas,
Para estar perto de você, para ser livre

Você consegue me ouvir? Você consegue me ouvir?
Através da noite escura, muito distante.
Eu estou morrendo, sempre chorando,
Para estar com você, quem pode dizer?

Você consegue me ouvir? Você consegue me ouvir?
Através da noite escura, muito distante.
Eu estou morrendo, sempre chorando,
Para estar com você, quem pode dizer?

Nós estamos navegando, estamos navegando
De volta para casa, através do mar.
Estamos navegando sobre águas tempestuosas,
Para estar com você, para ser livre.

Oh, Senhor, para estar perto de você, para ser livre.
Oh, Senhor, para estar perto de você, para ser livre.
Oh, Senhor...

Sailing

I am sailing, I am sailing
Home again across the sea.
I am sailing, stormy waters
To be near you, to be free

I am flying, I am flying,
Like a bird across the sky
I am flying, passing high clouds
To be near you, to be free

Can you hear me? Can you hear me?
Through the dark night, far away
I am dying, forever crying
To be with you, who can say?

Can you hear me? Can you hear me?
Through the dark night, far away.
I am dying, forever crying,
To be near you, who can say?

We are sailing, we are sailing,
Home again across the sea.
We are sailing stormy waters,
To be near you, to be free.

Oh Lord, to be near you, to be free.
Oh Lord, to be near you, to be free,
Oh Lord.
Um bom fim de semana a cada um de vcs e espero que curtam essa canção do Rod Stewart assim como eu! Entrem no you tube e assistam diversos shows dele cantando esta música maravilhosa: SAILING.
Um super beijo com sabor de carinho pra cada um de vcs que visitam o meu blog...
Até segunda-feira!
Fiquem na luz!!!
Fiquem na paz!!!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Reflexão: A importância de dizer: Eu Te Amo.


A importância de dizer: EU TE AMO
Depois de 21 anos de casado, descobri uma nova maneira de manter viva a chama do amor.
Há pouco tempo decidi sair com outra mulher. Na realidade, foi idéia da minha esposa.
- Você sabe que a ama - disse-me minha esposa um dia, pegando-me de surpresa. A vida é muito curta, você deve dedicar especial tempo a essa mulher.
- Mas, eu te amo - protestei à minha mulher.
- Eu sei. Mas, você também a ama. Tenho certeza disto.
A outra mulher, a quem minha esposa queria que eu visitasse, era minha mãe, que já era viúva há 19 anos, mas as exigências do meu trabalho e de meus 3 filhos, faziam com que eu a visitasse ocasionalmente.
Essa noite a convidei para jantar e ir ao cinema.
- O que é que você tem? Você está bem? - perguntou-me ela, após o convite. (Minha mãe é o tipo de mulher que acredita que uma chamada tarde da noite,ou um convite surpresa é indício de más notícias.)
- Pensei que seria agradável passar algum tempo contigo! - Respondi a ela.
- Só nós dois. O que acha?
Ela refletiu por um momento.
- Me agradaria muitíssimo - disse ela sorrindo.
Depois de alguns dias, estava dirigindo para pegá-la depois do trabalho, estava um tanto nervoso, era o nervosismo que antecede a um primeiro encontro.
E que coisa interessante, pude notar que ela também estava muito emocionada. Esperava-me na porta com seu casaco, havia feito um penteado e usava o vestido com que celebrou seu último aniversário de bodas. Seu rosto sorria e irradiava luz como um anjo.
- Eu disse a minhas amigas que ia sair com você, e elas ficaram muito impressionadas. - comentou enquanto subia no carro.
Fomos a um restaurante não muito elegante, mas, sim, aconchegante. Minha mãe se agarrou ao meu braço como se fosse "a primeira dama".Quando nos sentamos, tive que ler para ela o menu. Seus olhos só enxergavam grandes figuras.
Quando estava pela metade das entradas, levantei os olhos; mamãe estava sentada do outro lado da mesa, e me olhava fixamente. Um sorriso nostálgico se delineava nos seus lábios.
- Era eu quem lia o menu quando você era pequeno - disse-me.
- Então é hora de relaxar e me permitir devolver o favor - respondi.
Durante o jantar tivemos uma agradável conversa; nada extraordinário, só colocando em dia a vida um para o outro. Falamos tanto que perdemos o horário do cinema.
- Sairei contigo outra vez, mas só se me deixares fazer o convite – disse minha mãe quando a levei para casa.
E eu concordei.
- Como foi teu encontro? - quis saber minha esposa quando cheguei aquela noite.
- Muito agradável. Muito mais do que imaginei.
Dias mais tarde minha mãe faleceu de um infarto fulminante, tudo foi tão rápido, não pude fazer nada. Depois de algum tempo recebi um envelope com cópia de um cheque do restaurante de onde havíamos jantado minha mãe e eu, e uma nota que dizia:
"O jantar que teríamos paguei antecipado, estava quase certa de que poderia não estar ali, por isso paguei um jantar para ti e para tua esposa. Jamais poderás entender o que aquela noite significou para mim. Te amo".
Nesse momento compreendi a importância de dizer a tempo: "EU TE AMO" e de dar aos nossos entes queridos o espaço que merecem.

-Dia 20 de janeiro

-Oficialização do Hino Nacional Brasileiro, Símbolo da Pátria !!! Confirmação da música composta por Francisco Manuel da Silva, entre 1822 e 1823 - a letra somente foi adicionada a 06 de Setembro de 1922, no centenário da independência, pelo Marechal Deodoro da Fonseca, após a proclamação da república, compelido pelo brilhante crítico musical Oscar Guanabarino, no Teatro Lírico do Rio de Janeiro, em 1890; Mesma data em que ocorreu a oficialização do Hino da Proclamação da República, de autoria de Leopoldo Miguez sobre os versos de Medeiros e Albuquerque.

-Posse de Barack Obama (Barack Hussein Obama II), 44º Presidente dos Estados Unidos da América.

-Dia de São Sebastião, Santo da Igreja Católica e padroeiro da minha querida cidade: Corumbaíba-Go.

-Dia do Farmacêutico . Parabéns a todos os imprescindíveis farmacêuticos!

-Nascimento de Chacrinha (José Abelardo Barbosa de Medeiros), o "Velho Guerreiro", maior comunicador da televisão brasileira de todos os tempos, em Surubim-PE, no ano de 1916.

-Morte de Mané Garrincha (Manoel Francisco dos Santos), inesquecível jogador de futebol brasileiro, bicampeão do mundo em 58 e 62, no Rio de Janeiro-RJ, em 1983.

-Morte de Salvador Dali , famoso pintor espanhol, na cidade catalã de Figueres-Espanha, em 1989.

-Dia 19 de janeiro

-Nascimento de Miguel Paiva, cartunista, diretor de arte, autor, ilustrador, publicitário e jornalista brasileiro, no Rio de Janeiro-RJ, em 1950.

-Nascimento de Nara Leão, cantora da MPB, em Vitória-ES, no ano de 1942.

-Nascimento de Thiago Lacerda (Thiago Ribeiro Lacerda), ator brasileiro, no Rio de Janeiro-RJ, no ano de 1978.

-Nascimento de Ítalo Rossi (Ítalo Balbo Rossi), ator brasileiro, em Botucatu-SP, no ano de 1931.

-Morte do Marechal Rondon (Cândido Mariano da Silva Rondon), famoso sertanista brasileiro, no Rio de Janeiro-RJ, em 1958.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Reflexão: O avô e o neto


O avô e o neto

Era uma vez um velho muito velho, quase cego e surdo, com os joelhos tremendo.
Quando se sentava à mesa para comer, mal conseguia segurar a colher.
Derramava sopa na toalha e, quando, afinal, acertava a boca, deixava sempre
cair um bocado pelos cantos.
O filho e a nora dele achavam que era uma porcaria e ficavam com nojo.
Finalmente, acabaram fazendo o velho se sentar num canto atrás do fogão.
Levavam comida para ele numa tigela de barro e - o que era pior - nem lhe
davam bastante.
O velho olhava para a mesa com os olhos compridos, muitas vezes cheios de
lágrimas.
Um dia, suas mãos tremeram tanto que ele deixou a tigela cair no chão e ela
se quebrou. A mulher ralhou com ele, que não disse nada, só suspirou. Depois
ela comprou uma gamela de madeira bem baratinha e era aí que ele tinha que comer.
Um dia, quando estavam todos sentados na cozinha, o neto do velho, que era um
menino de oito anos, estava brincando com uns pedaços de pau.
- O que é que você está fazendo? - perguntou o pai.
O menino respondeu:
- Estou fazendo um cocho, para papai e mamãe poderem comer quando eu crescer.
O marido e a mulher se olharam durante algum tempo e caíram no choro. Depois
disso, trouxeram o avô de volta para a mesa. Desde então passaram a comer todos
juntos e, mesmo quando o velho derramava alguma coisa, ninguém dizia nada.



-Quarta-feira, 19 de janeiro de 2011


As três perguntas do rei

Conta-se que num país longínquo, há muitos séculos, um rei se sentiu intrigado com algumas questões. Desejando ter respostas para elas, resolveu estabelecer um concurso do qual todas as pessoas do reino poderiam participar.
O prêmio seria uma enorme quantia em ouro, pedras preciosas, além de títulos de nobreza. Seria premiado com tudo isto quem conseguisse responder a três questões:
Qual é o lugar mais importante do mundo?
Qual é a tarefa mais importante do mundo?
Quem é o homem mais importante do mundo?
Sábios e ignorantes, ricos e pobres, crianças, jovens e adultos se apresentaram, tentando responder as três perguntas.
Para desconsolo do rei, nenhum deles deu uma resposta que o satisfizesse.
Em todo o território apenas um único homem não se apresentou para tentar responder os questionamentos. Era alguém considerado sábio, a quem não importava as fortunas nem as honrarias da terra.
O rei convocou esse homem para vir à sua presença e tentar responder suas indagações.
E o velho sábio respondeu a todas:
O lugar mais importante do mundo é aquele onde você está.
 O lugar onde você mora, vive, cresce, trabalha e atua é o mais importante do mundo. É ali que você deve ser útil, prestativo e amigo, porque este é o seu lugar.
A tarefa mais importante do mundo não é aquela que você desejaria executar, mas aquela que você deve fazer
. Por isso, pode ser que o seu trabalho não seja o mais agradável e bem remunerado do mundo, mas é aquele que lhe permite o próprio sustento e da sua família. É aquele que lhe permite desenvolver as potencialidades que existem dentro de você. É aquele que lhe permite exercitar a paciência, a compreensão, a fraternidade. Se você não tem o que ama, importante que ame o que tem. A mínima tarefa é importante. Se você falhar, ou se omitir, ninguém a executará em seu lugar, exatamente da forma e da maneira que você o faria.
E, finalmente, o homem mais importante do mundo é aquele que precisa de você, porque é ele que lhe possibilita a mais bela das virtudes: a caridade
. A caridade é uma escada de luz. E o auxílio fraternal é oportunidade luminosa. É a mais alta conquista que o homem poderá desejar.
O rei, ouvindo as respostas tão ponderadas e bem fundamentadas, aplaudiu agradecido.
Para sua própria felicidade, descobrira um sentido para a sua vida, uma razão de ser para os seus últimos anos sobre a Terra.

Muitas vezes pensamos em como seria bom se tivéssemos nascido em um país diferente, com menos miséria, sem taxas tão altas de desemprego e gozando de melhores oportunidades.
Outras vezes nos queixamos do trabalho que executamos todos os dias, das tarefas que temos, por achá-las muito simples, sem importância.
Desejamos que determinadas pessoas, importantes, de evidência social ou financeira pudessem estar ao nosso lado para nos abrir caminhos.
Contudo, tenhamos certeza:
Estamos no lugar certo, na época correta, com as melhores oportunidades, com as pessoas que necessitamos para nosso crescimento interior.
Nada é por acaso!

-Dia 18 de janeiro

Nascimento de Zacarias (Mauro Faccio Gonçalves), astro do humorismo brasileiro, em Sete Lagoas-MG, no ano de 1934

Nascimento de Christian Fitipaldi (Christian Fitipaldi), piloto brasileiro, em São Paulo-SP, no ano de 1971

Nascimento de Kevin Costner (Kevin Michael Costner), em Lynwood, Califórnia-EUA, no ano de 1955

-Dia 17 de janeiro

Nascimento de Mel Lisboa (Mel Lisboa Alves), atriz brasileira, em Porto Alegre-RS, no ano de 1982

Nascimento de Benjamin Franklin (Benjamin Franklin), escritor, estadista e inventor, em Boston, Massachusetts-EUA, no ano de 1706

Nascimento de Muhammad Ali (Cassius Marcellus Clay), inesquecível campeão do boxe mundial, em Louisville, Kentucky-EUA, no ano de 1942

Nascimento de Taumaturgo Ferreira (Antonio Taumaturgo Soares Ferreira), ator brasileiro, em São Paulo-SP, no ano de 1956

Morte de Abílio César Borges, o Barão de Macaúbas, grande educador brasileiro, no ano de 1891

Paz

-Dia 16 de janeiro

Nascimento de Jô Soares (José Eugênio Soares - Programa do JÔ), grande humorista, ator, diretor, escritor e apresentador brasileiro, no Rio de Janeiro-RJ, em 1938.

-Dia 15 de janeiro

Dia Mundial do Compositor.
Parabéns a todos os compositores, sejam eruditos ou populares, que embriagam a nossa existência com a maravilhosa arte da música!

-Dia 14 de janeiro

Dia do Enfermo. Nossas fraternas vibrações a todos os que sofrem, e que possam receber do PAI MAIOR, o bálsamo confortador para suas dores !!!

-Dia 13 de janeiro

Nascimento de Renato Aragão (Antônio Renato Aragão), o DIDI, astro do humor brasileiro, em Sobral-CE, no ano de 1935. UNICEF - Representante Especial do UNICEF para as Crianças Brasileiras, desde 1991.

-Dia 12 janeiro

Nascimento de Nando Reis (José Fernando Gomes dos Reis), cantor e compositor da MPB, em São Paulo-SP, no ano de 1963.

-Dia 12 de janeiro

Nascimento de Rubem Braga, jornalista, poeta e escritor modernista, em Cachoeiro do Itapemirim-ES, no ano de 1913.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

-Dia 11 de janeiro

Nascimento de Oswald de Andrade (José Oswald de Andrade Souza), escritor modernista, ensaísta e dramaturgo brasileiro, um dos promotores da Semana de Arte Moderna de 1922, em São Paulo-SP, no ano de 1890.

-Dia 10 de janeiro

Nascimento de Lamartine Babo (Lamartine de Azeredo Babo), grande compositor da MPB, no Rio de Janeiro- RJ, em 1904.

-Dia 09 de janeiro

Dia do FICO, proclamado pelo Príncipe Regente e depois Imperador, Dom Pedro I, no ano de 1822.

-Dia 08 de janeiro

Nascimento de Elvis Presley (Elvis Aaron Presley), astro da música e do cinema internacional, em East Tupelo, Mississippi-EUA, no ano de 1935 (faleceu em 16 de Agosto de 1977, em Memphis, Tennessee-EUA).

Foi famoso cantor, músico, ator, nascido nos Estados Unidos da América, sendo mundialmente denominado O Rei do Rock.
Uma de suas maiores virtudes era a sua voz, devido ao seu alcance vocal que atingia, segundo especialistas, notas musicais de difícil alcance para um cantor popular.
Avaliado como um dos maiores e por outros como o melhor cantor popular do século 20.
Único, incomparável...seus filmes e suas canções o imortalizaram!

-Dia 07 de janeiro

DIA DA LIBERDADE DE CULTO
 O respeito à religião de nossos semelhantes, assim como à sua liberdade de pensar, é um dos pilares para a construção de um mundo melhor, onde a fraternidade e a paz possam reinar!

DIA DO LEITOR
Parabéns aos amantes dos livros, companheiros inseparáveis de todas as horas.

PRIMEIRO VOTO
Aniversário do Primeiro Voto Popular no Brasil, em 1789.

-Dia 06 de janeiro

DIA DA GRATIDÃO
Vamos ser GRATOS, em primeiro lugar a DEUS, por nossas VIDAS, e depois a todos os que a partilham, tanto nos momentos felizes como nas aflições!


DIA DE SANTO REIS
Dia de REIS. Festa popular dos Reis Magos, que marca a retirada dos enfeites natalinos!

JOANA D'ARC
Nascimento de Joana d'Arc (Jeanne d'Arc), heroína da Guerra dos Cem Anos, em Domrémy-França, no ano de 1412. Foi queimada viva por heresia e bruxaria em 1431 e beatificada pelo Papa Bento XV, em 1920.

MORTE DE LUIS BRAILLE
Morte de Braille (Louis Braille), professor, músico e gênio criador do Alfabeto BRAILLE, na França, em 1852.

MAYSA
Nascimento de Maysa (Maysa Figueira Monjardim), cantora da MPB, em São Paulo-SP, no ano de 1936.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

É Proibido - Pablo Neruda

É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.

É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.

É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.

É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.

É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,
Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.

É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,
Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.

É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,
Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.

É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,
Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.

É proibido não buscar a felicidade,
Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.


Não importa o passado,
hoje é presente!
O futuro? É com vcs meus queridos,
pensem nisto!
O tempo não espera ninguém!
Uma linda vida pra cada um de vcs!
Sejam felizes hoje e sempre!


... e até que nos encontremos de novo...
que Deus lhes guardem, serenamente,
na palma de Suas mãos!


com carinho,
a amiga de sempre:
Noemy.

 

domingo, 16 de janeiro de 2011

Reflexão: A Camisa de um homem feliz.


Um califa sofrendo de uma doença mortal, estava deitado sobre almofadas de seda. Os raquins, os médicos de seu país, congregados ao seu redor, concordaram entre si em que apenas uma coisa poderia conceder cura e salvação ao califa: colocar sob sua cabeça a camisa de um homem feliz.
Mensageiros em grande número saíram buscando em toda cidade, toda vila e toda cabana, por um homem feliz. Mas cada pessoa por eles interrogada nada expressava senão tristeza e preocupações.
Finalmente após ter abandonado toda a esperança, os mensageiros encontram um pastor que ria e cantava enquanto observava seu rebanho.
Era ele feliz?
” Não posso imaginar alguém mais feliz que eu”, disse o pastor rindo-se.
“Então, dê-nos tua camisa” gritaram os mensageiros.
Mas o pastor respondeu: “Eu não tenho nenhuma camisa!”.
Essa notícia patética, de que o único homem feliz encontrado pelos mensageiros não possuía uma camisa, deu o que pensar ao califa.
Por três dias e três noites ele não permitiu que nenhuma pessoa se aproximasse dele.
Finalmente no quarto dia, fez com que suas almofadas de seda e suas pedras preciosas fossem distribuídas entre o povo e, conforme conta a lenda, daquele momento em diante o califa outra vez ficou saudável e feliz.

Reflexão

Ser feliz é uma benção em nossas vidas, leia esta mensagem e reflita sobre sua felicidade:


1) Acorde todas as manhãs com um sorriso. Esta é mais uma oportunidade que você tem para ser feliz.
2) Seja seu próprio motor de ignição. O dia de hoje jamais voltará. Não o desperdice, pois você nasceu para ser feliz!
3) Enumere as boas coisas que você tem na vida. Ao tomar consciência do seu valor, você será capaz de ir em frente com muita força, coragem e confiança para ser feliz!
4) Não se queixe do seu trabalho, do tédio, da rotina, pois é o seu trabalho que o mantém alerta, em constante desenvolvimento pessoal e profissional. Além disso, o trabalho te ajuda a manter a dignidade. Acredite. Seu valor está em você mesmo, acredite nisso e você vai ser feliz.
5) Não se deixe vencer, não seja igual, seja diferente. Se nos deixarmos vencer, não haverá surpresas, nem alegrias …
6) Conscientize-se que a verdadeira felicidade está dentro de você. A felicidade não é ter ou alcançar, mas sim, dar. Estenda sua mão.
7) Compartilhe. Sorria. Abrace. A felicidade é um perfume que você não pode passar nos outros sem que o cheiro fique um pouco em suas mãos.
8) O importante de você ter uma atitude positiva diante da vida, ter o desejo de mostrar o que tem de melhor, é que isso produz maravilhosos efeitos colaterais. Não só cria um espaço feliz para o que estão ao seu redor, como também encoraja outras pessoas a serem mais positivas.9) Trace objetivos para cada dia. Você conquistará seu arco-íris, um dia de cada vez. Seja paciente.
10) O tempo para ser feliz é agora. O lugar para ser feliz é aqui!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Reflexão: Conquistas

Conquistas

Acredite em si mesmo
Viva os momentos como se fossem únicos
Saboreie os segundos como se fosse perdê-los
Desfrute o sol que brilha inigualável...
Busque seus sonhos
Você pode estar aonde não idealizou
Tudo é mutante e mutável
Corra atrás da estrela cadente
Alcance o lua no infinito céu...

Abrace
Beije
Apaixone
Ame.

Queira ir além do possível
Tanja o universo maior, ultrapasse
Apalpe as nuvens no esplendor do céu
Derrame sorrisos no espaço laço...
Desperte desta noite insone e nebulosa
Açambarque os atalhos e encruzilhadas
Transforme em estrada reta, curvas sinuosas
Faça brilhar a luz no final do túnel...

Acredita
Siga
Sorria
Viva.


Fale
Grite
Busque
Conquiste.

Queira o total indivisível
Seja comunhão universal
Veja a arte praticada
Persiga,
A felicidade é construída..

(Marly Londero)

-Dia 04 de Janeiro

Nascimento de Casimiro de Abreu (Casimiro José Marques de Abreu), grande poeta e membro da Academia Brasileira de Letras, em Barra de São João-RJ, no ano de 1839.

Casimiro José Marques de Abreu nasceu em 1839, no Rio de Janeiro e faleceu em 1860, de tuberculose. Filho de um português comerciante. Viajou para Lisboa, lugar onde viveu entre os anos de 1853 e 1857 e viu sua peça "Camões e o Jaú" obter um certo êxito.



No dia 04 de janeiro também comemora-se o nascimento de Luis Braile.
 Nascimento de Louis Braille (Louis Braille) professor, músico e gênio criador do Alfabeto Braille para cegos, em Coupvray-França, no ano de 1809.
Braille é um sistema de leitura com o tacto para cegos inventado pelo francês Louis Braille no ano de 1827 em Paris.

O sistema de Braille aproveita-se da sensibilidade epicrítica do ser humano, a capacidade de distinguir na polpa digital pequenas diferenças de posicionamento entre dois pontos diferentes. Um cego experiente pode ler duzentas palavras por minuto.

Abecedário em braille :

-Dia 03 de Janeiro

Nascimento de Mel Gibson (Mel Columcille Gibson), astro do cinema internacional, em Peekskill, New York-EUA, no ano de 1956.

-Dia 02 de Janeiro

Nascimento de Débora Duarte, atriz brasileira, em São Paulo-SP, no ano de 1950.

-Dia 01 de Janeiro

Dia da Confraternização Universal (Feriado Lei nº 662/49).

Janeiro de 2011 -Reflexão.

Como Ser Feliz
Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade do Cairo, no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio.
O Turista era muito rico e estava louco pra ver a casa do famoso sábio...durante a viagem já imaginava a casa linda que iria encontrar, pensava na mobilia nobre e rica que encantaria seus olhos...depois de uma longa viagem, chegou na cidade do Cairo, tinha certeza que valeria a pena ter andado tão longe assim.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros. As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.
Onde estão seus móveis? - perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa, perguntou também: E onde estão os seus...?
 Os meus?! - surpreendeu-se o turista - mas eu estou aqui só de passagem!
 Eu também... - concluiu o sábio.
A vida na Terra é somente uma passagem...continuou o sábio, no entanto meu senhor, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem de serem felizes.